21 de dez de 2004

18.12.04 - Debate Capital: Violência

No último sábado, ocorreu, na TV Brasília, debate sobre a violência com Luís Martins (jornalista e professor na UnB), Elizena Rossy (socióloga e mestranda em Comunicação na UnB), Lúcio Castelo Branco (psicanalista e professor na UnB), Isabel Maria de Carvalho Vieira (psicanalista e psicóloga), e Rafael Boechat (psiquiatra). O tema do debate era a violência e suas motivações. Discorreu-se sobre o caso de Maria Cláudia e Dona Balbina, brutalmente assassinadas.
Explanou-se sobre os conceitos de perversão, psicose e neurose. Isabel Maria de Carvalho Vieira acredita que o caseiro Bernardino do Espírito Santo Filho seja um caso de perversão - a pessoa que sabe as normas, mas mesmo assim as burla.
Lúcio Castelo Branco ponderou que a violência é inerente ao homem e, portanto, deve-se ser crítico, sem ser leniente ou utópico. Isabel Maria de Carvalho Vieira ressaltou a importância de se construir núleos de convivência, onde se possa desenvolver amorosidade, tolerência e respeito. Luís Martins destacou a importância de possibilitar oportunidades e voz a todos. Elizena Rossy enfatizou a promoção de uma cultura de paz. Rafael Boechat indicou a necessidade de se aprimorar o serviço de saúde para tratar o aspecto psicológico do ser humano.

0 interações:

Postar um comentário