5 de abr de 2012

Pesquisa sobre o conteúdo da Bus Tv

Por Johnatan Reis

A cada coisa seu tempo e seu lugar. Ao menos assim era o pensamento da sociedade há algum tempo. Hoje, em contrapartida, ocorre o inverso. A cada coisa todos os lugares em todos os tempos. É a marca dos tempos atuais, conhecido como Pós- Modernidade ou Modernidade Líquida, como diz Bauman.

É nesse contexto que se insere a experiência de televisores nos transportes públicos do Distrito Federal. A chamada Bus Tv leva aos usuários desse transporte, nos horários improdutivos ou mortos, informações. Mas que conteúdo é esse, qual é a seleção desse material, qual é o tratamento recebido e como isso impacta o indivíduo. A receptividade quando em momentos de ócio é diferente. E por fim, qual é a relação do público com essa iniciativa, uma vez que não há para onde fugir, quando a informação está posta e o consumo é obrigatório.


Esta análise quer, também, detectar nessa programação o que é destinado ao público feminino. Para tanto, as questões a seguir serão fundamentais: qual é a escolha, qual o tratamento e o que quer dizer do público esse material escolhido. Ele atinge as possibilidades de diferença dentro do público alvo?

Durante um mês postarei os resultados desses estudos aqui.  A proposta principal é detectar o que há por trás da iniciativa Bus Tv e qual a relação do conteúdo com o público, principalmente com o feminino. 

2 interações:

Mari disse...

Johnatan,
Achamos sua proposta extremamente interessante e nos colocamos a disposição para eventuais questionamentos.
Contato BusTV - 11 3047.9898
Abs,
Mari Souza

Marcella =) disse...

=]
legal!!

Postar um comentário