17 de ago de 2005

Procuradora denuncia violação de Direitos Humanos à ONU

A representante do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH), procuradora Flávia Piovesan, informou que existem 68 denúncias de violações de direitos humanos, contra o Brasil, na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da ONU. O relatório foi feito em janeiro de 2005. Flávia participa do painel "O Estado Federal e a Implementação dos Tratados sobre Direitos Humanos". No mesmo debate, o representante do Ministério Público da União (MPU), Eugênio Aragão, destacou a necessidade de se definir de quem é á responsabilidade de julgar os casos de violação dos tratados internacionais de direitos humanos. Os casos acabam desaguando no Supremo Tribunal Federal (STF) ou no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Muitas vezes esses tribunais, que representam órgãos máximos do Judiciário não alcançam a solução para os problemas.

Reportagem: Juliana Mendes
Edição: Luciana Lima

1 interações:

ANA AMELIA disse...

Quanto as denuncias aos direitos humanos não sugirem efeito no Brasil e devido ao fato da banda podre do judiciario estar manipulando sentenças judiciais aonde a discução são terras terrenos ou imoveis que interessam a construtoras no Rio de Janeiro ,pois esta agindo um verdadeiro cartel de grileiros para se beneficiarem de terras e imoveis de herdeiros em espolios a onde houveram mortes consecutivas com apoio de inventariantes judiciais e cartorios de notas todos meslados com A BANDA PODRE DO JUDICIARIO EM COMUM ACORDO PARA BENEFICIAR DETERMINADAS CONSTRUTORAS QUE JA ESTÃO NA CPI INSTAURADA PELO DEPUTADO PAULO RAMOS PARA APURAR TAIS FATOS já de conhecimento de todos

Postar um comentário